segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Hemocentro do RN realiza curso para formação de auditores da Qualidade


O Núcleo da Qualidade e o Núcleo de Educação Permanente do Hemocentro do RN, realizam de 21 a 23 de agosto, na Escola de Governo, das 8 ás 17 horas, curso de Formação de Auditores Internos da Qualidade na ISO  9001/2015.

O evento tem como objetivo capacitar os profissionais da Hemorrede Estadual  para atuarem como auditores internos nas unidades em que trabalham. O conteúdo abordará tópicos como liderança, contexto da organização, planejamento ,controle de processos, recursos materiais/Humanos, comunicação, entre outros.

Responsável  pela política de  sangue no Estado, o Hemocentro do RN (Hemonorte)  vem investindo no aprimoramento de seus processos,  com foco no atendimento ao cidadão para a  implantação da ISO 9001, norma reconhecida internacionalmente que garante a gestão da qualidade de uma instituição, através de ferramentas de padronização.


sexta-feira, 17 de agosto de 2018

‘Dia ‘D’ da vacinação contra pólio e sarampo é neste sábado, 18; no Alto Oeste potiguar, a meta é vacinar 14.352 crianças



Sábado também é dia de vacinação! Por isso, todas as crianças de um a menores de cinco anos devem buscar os mais de 36 mil postos de vacinação para receber a vacina contra a poliomielite e o sarampo. As unidades de saúde realizam o Dia D da Campanha Nacional de vacinação contra a Poliomielite e Sarampo. Pais e responsáveis devem levar as crianças independentemente da situação vacinal anterior, já que, neste ano, a campanha é indiscriminada. A expectativa é vacinar mais de 11 milhões de crianças até 31 de agosto.

"A campanha vai até 31 de agosto, mas o Dia D é neste sábado, 18 de agosto. Deixo aqui o convite, faça a sua parte, leve seus filhos para ser vacinados e os proteja contra a pólio e o sarampo, independentemente da situação vacinal deles. As crianças protegidas, ajudam a proteger toda a família", enfatiza o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

Para a poliomielite, as crianças que ainda não tomaram nenhuma dose da vacina serão vacinadas com a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). As crianças que já tiverem tomado uma ou mais doses receberão a gotinha (Vacina Oral Poliomielite - VOP). Em relação ao sarampo, todas as crianças devem receber uma dose da vacina tríplice viral, independente da situação vacinal. A exceção é para as que tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias, que não necessitam de uma nova dose.

No Rio Grande do Norte, o público-alvo é de, aproximadamente, 189 mil crianças.  No Alto Oeste potiguar, a meta é de 14.352.

Em Pau dos Ferros, que é a cidade polo da região, a quantidade é de 1.603. Já Viçosa, que é o menor município jurisdicionado à VI Ursap, são apenas 98.

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Doações de Leite Materno ajudam bebês prematuros no Rio Grande do Norte



Após o nascimento prematuro, Miguel teve que ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal de um hospital privado na cidade de Natal e, desde então, o pequeno é um dos beneficiados com o Banco de Leite Humano (BLH) da Maternidade Escola Januário Cicco, vinculada a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (MEJC-UFRN) e à Rede Ebserh.

Marcelo Medeiros, pai do Miguel, explica que a esposa teve alta enquanto o recém-nascido permaneceu no hospital internado, o que acarretou na baixa produção de leite, devido à falta de estímulo. “Recorremos ao banco de leite da Januário Cicco, fizemos campanha buscando mães que poderiam doar leite para nosso filho e desde então ele se alimenta e sobrevive com o leite que é doado”, afirma.

Juliana Silva, dona de casa e mãe de Maria Evelin, é uma doadora assídua de leite materno e uma das mães que fazem doação para o pequeno Miguel. Ela relata que consegue amamentar sua filha e ainda doar parte do alimento para outros bebês. “Produzo muito leite, amamento minha filha, ela fica satisfeita e ainda faço doação para o banco de leite da Maternidade. Fico feliz em ajudar mães que não produzem leite suficiente para alimentar seus filhos”, relata.

A realidade da família do Miguel é a mesma de tantas outras que concretizam o sonho de ter filhos, porém as mães não conseguem alimentar seus filhos com o próprio leite. Na MEJC, referência em partos de alto risco e cuidados com bebês prematuros, incentivar a amamentação é essencial. Segundo Ana Zélia Pristo, coordenadora do Banco de Leite Humano da Maternidade, o trabalho realizado pela Instituição é contínuo, tanto no que tange o incentivo da amamentação e à doação, como também no auxílio e na orientação às mães.

“Trabalhamos com o SOS Mamas que consiste em auxiliar às mães que apresentam alguma intercorrência no período da amamentação, seja uma pega incorreta, uma fissura na mama, um bebé que recusa o peito ou chora muito quando vai mamar. Mães que precisam fazer ordenha devido à grande quantidade de leite, auxiliamos todas as mães que nos procuram, sejam elas nossas pacientes ou não”, explica.

É o caso de Josimaria da Silva, 29 anos, dona de casa, residente em Itajá, interior do Rio Grande do Norte e mãe de Hisadora que nasceu prematura no dia 21 de junho. A mãe relata que no início chegou a fazer uso do leite disponibilizado pelo banco de leite da Maternidade, mas agora ela mesma já consegue amamentar a filha e que as orientações recebidas pelos profissionais ajudaram muito no estímulo da produção de leite. “No início minha filha tinha dificuldade para pegar o peito, mas agora já está mais fácil. Esta é a segunda vez que sou mãe e confesso que o sentimento de amor é inexplicável, no momento da amamentação, no contato direto que temos com nosso filho, é uma doação mútua”, descreve.

Com relação ao processamento e ao controle de qualidade do leite, Ana Zélia salienta que o banco é responsável por todo o processo de análise, sendo descongelado logo assim que chega ao banco para passar por um processo de seleção e classificação. “Primeiro, é preciso avaliar o aspecto do leite e observar se ele foi armazenado e transportado corretamente, posteriormente é feita a classificação do volume do leite, se ele é colostro ou se já é maduro e logo após avaliamos a quantidade de gordura, já que nem todo leite pode ser dado a qualquer bebê”, ressalta.

“Uma vez feito esse processo, acontece ainda a pasteurização e o controle de qualidade. Só depois de todas essas etapas o leite é congelado e passa a ter uma validade de seis meses”, completa a especialista.

Ministério da Saúde atualiza casos de sarampo no Brasil


O Ministério da Saúde atualizou, na terça-feira (14), as informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre a situação do sarampo no país. Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo, em Roraima e Amazonas. Até o dia 14 de agosto, foram confirmados 910 casos de sarampo no Amazonas, 5.630 permanecem em investigação. Já o estado de Roraima confirmou 296 casos da doença e 101 continuam em investigação. Entre os confirmados, 17 casos foram atendidos no Brasil e recebendo tratamento, mas residem na Venezuela.

Os surtos estão relacionados à importação, já que o genótipo do vírus (D8) que está circulando no país é o mesmo que circula na Venezuela, país que enfrenta um surto da doença desde 2017.  Alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados nos estados de São Paulo (1), Rio de Janeiro (14); Rio Grande do Sul (13); Rondônia (1) e Pará (2). O Ministério da Saúde permanece acompanhando a situação e prestando o apoio necessário aos Estados. Cabe esclarecer que as medidas de bloqueio de vacinação, mesmo em casos suspeitos, estão sendo realizadas em todos os estados.

Até o momento, no Brasil, foram confirmados 6 óbitos por sarampo, sendo 4 óbitos no estado de Roraima (3 em estrangeiros e 1 em brasileiro) e 2 óbitos no estado do Amazonas (brasileiros). 
Campanha Nacional de Vacinação

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e Sarampo se estenderá até o dia 31 de agosto e pretende vacinar 11,2 milhões de crianças. O dia D de mobilização nacional será sábado, 18 de agosto, quando os mais de 36 mil postos estarão abertos no país. A meta é vacinar pelo menos 95% das crianças, para diminuir a possibilidade de retorno da pólio e reemergência do sarampo, doenças já eliminadas no Brasil. Todas as crianças entre 1 ano e menores de 5 anos devem ser levadas aos postos de vacinação, independente da situação vacinal anterior. A madrinha da campanha deste ano é a apresentadora Xuxa, eterna rainha dos baixinhos. 

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Começa hoje, 06, a vacinação contra poliomielite e sarampo; no Alto Oeste potiguar a meta é vacinar 14.352 crianças



A partir desta segunda-feira (06), todas as crianças de um ano a menores de cinco devem se vacinar contra a pólio e sarampo, independentemente da situação vacinal. A nova Campanha Nacional de Vacinação Contra a poliomielite e sarampo vai até o dia 31/08. O dia D de mobilização nacional será no próximo sábado, 18 de agosto, quando os mais de 36 mil postos estarão abertos. A meta do Ministério da Saúde é vacinar, pelo menos, 95% das 11,2 milhões de crianças dessa faixa etária e diminuir a possibilidade de retorno da pólio e reemergência do sarampo, doenças já eliminadas no Brasil. A madrinha da campanha deste ano é a Xuxa, eterna rainha dos baixinhos.

“Às vezes enfrentamos uma situação como essa de baixa cobertura vacinal que nos traz um alerta, porque temos uma falsa impressão de que a doença foi eliminada do país. Mas é a cobertura vacinal elevada que faz a doença desaparecer. E é por isso que devemos continuar vacinando nossos filhos, para manter essas doenças longe do Brasil”, ressaltou o ministro da Saúde Gilberto Occhi no lançamento da campanha.

Neste ano, a campanha de vacinação será feita de forma indiscriminada para manter coberturas homogêneas de vacinação. Para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a VIP. Já os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a VOP, a gotinha. Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, independentemente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

No Rio Grande do Norte, o público-alvo é de, aproximadamente, 189 mil crianças.  No Alto Oeste potiguar, a meta é de 14.352.

Em Pau dos Ferros, que é a cidade polo da região, a quantidade é de 1.603. Já Viçosa, que é o menor município jurisdicionado à VI Ursap, são apenas 98.


sábado, 4 de agosto de 2018

Vacinação contra poliomielite e sarampo começa nesta segunda-feira (6)


Com foco no público infantil, a campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e o sarampo começa nesta segunda-feira (6) e vai até o dia 31 de agosto. Devem ser imunizadas as crianças de 1 a 5 anos, independentemente da situação vacinal, desde que não tenham recebido doses contra as doenças nos últimos 30 dias.

As crianças que nunca tomaram a vacina contra a poliomielite vão receber a versão injetável, enquanto aquelas que já tomaram pelo menos uma dose, vão tomar a vacina da gotinha. Já contra o sarampo, todas vão tomar a tríplice viral, injetável.

Para o Dia D da mobilização, no sábado (18), mais de 36 mil postos de saúde estarão abertos para receber a população. De acordo com o Ministério da Saúde, o objetivo da campanha é imunizar no mínimo 95% das 11,2 milhões de crianças da faixa etária da campanha, protegendo-as de doenças que já haviam sido eliminadas no Brasil. Dessa forma, é criada uma "barreira sanitária", e mesmo que os vírus entrem no País, não vão contaminar a população. Naqueles estados onde foram registrados surtos de sarampo, a vacinação foi antecipada e já ocorre desde o início do ano, como Roraima, Rondônia e Amazonas.

Pau dos Ferros-RN: UTI Hospital Regional recebe elogios de promotores, juízes e do titular da Sesap


Por Soraya Vieira

O Hospital Dr Cleodon Carlos de Andrade, sediado em Pau dos Ferros, no Alto Oeste do RN, recebeu ontem dia 03 de agosto, a visita do Secretário Estadual de Saúde: Dr Pedro Cavalcanti, da Promotora Estadual de Saúde Dra Iara Pinheiro, juíza Federal, Dra. Gisele Leite, e, ainda, procurador Federal de Pau dos Ferros, Juiz Federal de Pau dos Ferros, assessor da promotoria de Saúde em Pau dos Ferros, o Sr. Hugo, Conselho Regional de Medicina com o objetivo de ver, in loco, o funcionamento das novas instalações da UTI.

Muitos elogios e palavras de satisfação com a organização dos serviços no hospital foram feitos pelos visitantes, entre eles, a promotoria da saúde, representado por Dra Iara Pinheiro, que falou da imensurável importância desse serviço para a região por ser a mais distante da capital potiguar e o único serviço de terapia intensiva e enfatizou a importância da parceria entre os órgãos públicos com o único objetivo de garantir aos usuários um serviço público de qualidade e resolutividade.

“Por meio de Dr. Pedro Cavalcanti, Secretário Estadual de Saúde, da diretora Geral Márcia Holanda, diretora administrativa, Haíla Diógenes, e da diretora técnica, Fátima Goes, parabenizo toda a equipe do Hospital Regional de Pau dos Ferros pela dedicação e luta incansável para melhorar a assistência a saúde para toda a região do Alto Oeste”, declarou a promotora da saúde, Iara Pinheiro.