quinta-feira, 5 de abril de 2018

Cosems discute fortalecimento da Atenção Básica no RN


Ao longo dessa quarta (04) e esta quinta-feira (05), o Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde promove o Encontro Estadual para Fortalecimento da Atenção Básica (AB), no Praiamar Hotel, em Natal. O evento tem o objetivo de construir, coletivamente, uma agenda de fortalecimento da AB nos territórios, identificando os principais desafios para a concretização de uma Atenção Básica resolutiva e capaz de ordenar a Rede de Atenção a Saúde (RAS) e coordenar o cuidado, propondo estratégias de superação destes, de forma tripartite, colaborativa e ampliada.

“Todos os aqui presentes precisam ter como agenda principal a Atenção Básica, porque ela é a ordenadora do cuidado. Se tivermos uma Atenção Básica de qualidade, consequentemente, teremos pessoas mais saudáveis e menos filas nos serviços da média e alta complexidade, bem como menos leitos cheios nos hospitais. O foco da saúde pública tem que ser a Atenção Básica e aqui temos atores envolvidos nos três entes federativos em prol desse objetivo”, destacou a secretária municipal de saúde de Doutor Severiano e primeira vice-presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (Cosems-RN), Maria Eliza Garcia Soares, durante abertura do Encontro.

Membros da Secretaria Estadual da Saúde Pública (Sesap), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ministério da Saúde, gestores municipais, e coordenadores da Atenção Básica e Saúde Bucal estiveram presentes nas discussões.

PROGRAMAÇÃO

Discussões sobre a Política Nacional de AB, o panorama da Atenção Básica no RN, Estratégia Saúde da Família e a agenda do fortalecimento da AB estão presentes neste primeiro dia de encontro. Já nesta quinta-feira, acontecerão oficinas temáticas que tratarão sobre os processos de integração de Atenção Básica e Vigilância, processos de trabalho das equipes de AB, Atenção Básica e sua articulação com outros pontos das RAS, e Saúde Bucal.


O evento será finalizado com a realização de mesas redondas que debaterão: a estratégia E-SUS no território e o Programa de Informatização das Unidades Básicas de Saúde (UBSs); e a infraestrutura e ambiência das UBSs – o Programa requalifica UBS e estratégias correlatas.

0 comentários:

Postar um comentário