terça-feira, 10 de abril de 2018

Sesap: Comitê de promoção da equidade em saúde passa por reformulação

Na manhã desta terça-feira (10), a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), através da Subcoordenadoria de Informação, Educação e Comunicação (Siec), reuniu diversos representantes de movimentos sociais e organizações não governamentais para discutir a reformulação do Comitê Estadual de Promoção da Equidade – que visa a minimizar ao máximo as desigualdades e ampliar o acesso à saúde a toda população, um dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS).

A equidade no atendimento público de saúde garante que populações de rua, indígenas, quilombolas, população LGBT e outros recebam cuidados diferenciados, para que dessa forma, tenham o mesmo atendimento. De acordo com a Siec, entre as principais solicitações das populações mais vulneráveis estão o acesso às vacinas, exames e atendimentos na atenção básica, evitando constrangimentos e preconceito.

Marylia Câmara, subcoordenadora de informação, educação e comunicação da Sesap, explicou que os membros para o biênio 2017-2019 estão sendo indicados pelos participantes do Comitê e, com a reestruturação, a Siec continuará atuando nas demandas, trabalhando a aceitação das diferenças e diversidade.

Entre as atividades para 2018, a Siec organiza em maio uma nova edição do projeto Diálogos Interativos, com palestras que abordam temas de relevância para a saúde pública.


O Comitê estadual foi criado por meio da Portaria nº 324/2013, publicada no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte em 26 de março de 2014. Possui vigência de dois anos para mudança de composição e se constitui como um espaço que vem subsidiar a gestão na construção de ações que reduzam as vulnerabilidades e fortaleçam laços de solidariedade e respeito mútuo entre os diversos segmentos da população norte-rio-grandense.

0 comentários:

Postar um comentário